RSS

(tentando) fazer amizades na Alemanha

22 nov

Não é de hoje que se ouve histórias de brasileiros no exterior que tentam se relacionar com outros brasileiros e não dá muito certo. A minha história não é grave mas foi o suficiente pra ficar chateada.

Já faz alguns meses que vi uma mulher da mesma idade que eu procurando informações no orkut. Como eu tinha as respostas pras dúvidas dela, resolvi entrar em contato, ajudar com o que ela precisava e então quem sabe de quebra ganhar uma amiga! fui direto à página dela. Ela me adicionou e começamos a conversar. Dei todas as coordenadas que ela precisava e ela me disse “quando eu for resolver isso eu te aviso e a gente se encontra pra tomar um café”. Ela mandou uma mensagem numa segunda perguntando quando eu tinha tempo pra aquela semana. Eu só vi a mensagem na terça, respondi e só uns 4 dias mais tarde ela responde. Ela já tinha ido resolver o que precisava e o café ficaria pra outra oportunidade.

Depois ela me perguntou onde eu morava. Eu disse e então ela ficou bem entusiasmada e perguntou se eu conhecia  a faculdade tal. Eu disse que sim e que ficava bem pertinho de casa e dava pra ir andando. Ela então estava procurando um local pra morar durante a semana pois ela queria estudar nessa faculdade e me perguntou se eu tinha espaço no meu apê. Eu disse que não, que era casada, estava esperando um bebê e infelizmente nisso eu não poderia ajudá-la mas que poderia procurar algo pra ela nas redondezas.

Nesse meio tempo eu procurava um apê pra ela e esperava ela me dar notícias de quando ela viria pras bandas de cá pra tomar o tal café. Quando fui escrever pra dizer o que encontrei, veio a surpesa: ela me deletou da lista de amigos!

Deixei pra lá, não a procurei mais e fiquei super chateada. Recentemente encontrei-a desesperada e cheia de dúvidas no orkut e mais uma vez eu não só poderia ajudá-la, como facilitar muito as coisas pra ela, pois eu tinha todas as infos de que ela precisava e ainda contatos que poderiam resolver o problema dela. Pensei comigo mesma “ta vendo, vc está perdendo uma grande oportunidade só pelo jeito como me tratou”.

Por mais que a gente leia é difícil de acreditar mas a verdade: muita gente só quer usar, lucrar, se aproveitar. Eu nunca fui de ter muitos amigos, sempre fui desconfiada pq já tive muitas decepções com amizades mas mesmo assim queria tentar mais por aqui. Até pq conheci pessoalmente gente bem legal (oi Bruna, Melize e Karen). E quando eu tiver mais tempo e puder dar uma viajadinha pela Alemanha, gostaria de conhecer outras blogueiras :)

Alguém mais tem histórias de decepções com brazucas??

 

About these ads
 
36 Comentários

Publicado por em novembro 22, 2011 em Comportamento

 

36 Respostas para “(tentando) fazer amizades na Alemanha

  1. vmsporn

    novembro 22, 2011 at 1:49 pm

    hum, brasileiros no exterior se tranformam, é o q penso, mas nao vou generalizar, sempre tem os gente boa, tb nao tenho muitas amizades com brasileiras por aki, de vista conheco um monte, mas kem ker ser amigo de verdade faz a amizade acontecer, tb sou desconfiada (gato escaldado), mas no mundo dos blogs tenho percebido muitas brazucas legais :)

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 1:05 pm

      Nao sei qual seria o problema, mas tem gente que só gosta de reparar na vida dos outros e contar vantagem, quando percebo essas coisas em alguém seja lá quem for, caio fora rapidinho. As pessoas se transformam ou mostram sua verdadeira face? hmm algo a se refletir.
      bjos

       
  2. cindereladepantufas

    novembro 22, 2011 at 2:06 pm

    Aconteceu algo parecidp comigo! A pessoa quer só receber, deseja só as vantagens. Como TUDO que você deseja é a amizade desta pessoa que é a mais linda, mais inteligente, mais, mais..

    Larga de mão. Essa coisa de dar a outra face não é comigo. Afinal, ou aprende com amor ou com a dor.

    Pena que não estamos próximas para tomar um féééézinho preto… aff!

    bjobjo

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 1:00 pm

      Pois é tem muitas blogueiras legais que moram uma longe das outras, quem sabe no futuro criamos o encontro das brasileiras blogueiras na Alemanha ;)
      bjos

       
  3. glau

    novembro 22, 2011 at 4:10 pm

    ahhhhhh direto acontecia isso comigo.. sem falar que mt brasileira que quer sua ‘amiga’ mas tempo que eh bom elas nao tem pra te dar neh? ah quer saber, cmo disse no meu post sobre o assunto.. RELAXA E ESQUECE GLAU, eu ainda encontro mts brasileiras ao redor mas nao sou mais tao devota do jeito q era. as vezes o ‘click’ vem e as vezes nao, eh soh aceitar e nao esperar haha bjo.

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 1:02 pm

      Isso me lembra algumas pessoas no BRasil. Algumas amigas que me mandam emails bestas (essas correntes que eu odeio) mas que pra mandar um email do tipo “oi, como vc está?” nao mandam. Aff

       
  4. BIA

    novembro 22, 2011 at 4:27 pm

    Oi Ingrid!!!

    Independente do lugar em que se está é sempre dificil encontrar amizades que são realmente friends pois é bem assim como tu falou: “muita gente só quer usar, lucrar, se aproveitar. Eu nunca fui de ter muitos amigos, sempre fui desconfiada pq já tive muitas decepções com amizades mas mesmo assim queria tentar mais por aqui.” faço das tuas minhas palavras também acho que acontece muito isto não importa em que país esteja, mas como sempre espero encontrar pessoas legais no caminho procuro ser sociável mas também sempre fico com o pé atrás assim a gente não se decepciona. Mas na internet tenho conhecido pessoas muito legais e adoro esta convivência virtual, você é uma das amigas que também adoraria tomar um café e passear no shopping. Espero que esteja tudo ótimo com vocês e o baby. :)
    Tenha um bom dia!!!
    Bjs
    Bia :)

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 1:03 pm

      É verdade Bia e pra mim acho difícil ao cubo pq sempre fui mais fechada mesmo, mas na net sou tagarela, dá pra ver né rsrs
      Eu já conheci muita gente da net, e foi muito legal mesmo mas hoje em dia é até perigoso.
      bjos

       
  5. Bárbara

    novembro 22, 2011 at 4:30 pm

    Pois é, complicado esse negocio mesmo… eu queria muito mesmo é fazer amizades com alemaes, pra ir treinando o alemao e voltar com a língua tinindo pro Brasil… mas no fim a gente sempre acaba sendo preguicoso e se escorando nos brasileiros, já conheci muita gente boa por aqui… mas brasileiro também tem um defeito de achar que todo brasileiro é seu melhor amigo!! se conheceram há 2 horas e já está convidando pra ir no aniversario do primo, eu acho isso sempre muito complicado, ainda mais com gente que se conhece pela internet… Mas bolo pra frente que atrás vem gente.., esse tipo de coisa pode acontecer no Brasil tb… mas te entendo, porque por aqui a gente se sente muito vulnerável mesmo…

    beijo

     
    • Carlinha Werberich

      novembro 22, 2011 at 7:40 pm

      É ingrid, seja aqui ou lá sempre encontraremos pessoas assim. Só que muitas vezes “sonhamos” que por estar em outro país a pessoa vai mudar…pessoas assim só mudam quando Deus realmente faz aquela transformação e isso só é possível também se a pessoa permitir! Infelizmente o pouco tempo que eu tenho aqui já pude comprovar o que vc falou sobre alguns brasileiros…encontrei com alguns mas não estou muito afim de me relacionar não, pois pelo pouco que ví já senti interesse total e não gosto de pessoas assim. Mas, tenho certeza que existem pessoas legais também. O negócio é ficar atenta e pedir a Deus para lhe mostrar pessoas verdadeiras, algo muito raro hoje.
      Um beijo e fique com Deus,
      Carlinha :)

       
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:57 pm

      Como diz a frase “gato escaldado tem medo de água fria”
      ficamos cheia de dedos ao conhecer alguem, mas só o tempo mesmo mostra
      sorte pra nós!!
      bjs

       
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:59 pm

      Eu acho ainda mais dificil fazer amizade com alemaes pq sao naturalmente mais fechados que nós mas nada é impossivel né.
      No meu caso acho mais difícil pq no momento nao to trabalhando ou estudando entao como vou encontrar uma amizade assim né rsrs
      Mas to relax agora ;)

       
  6. Karen

    novembro 23, 2011 at 12:31 am

    Eu tive uma experiência quase surreal com uma “amiga” brasileira quando ainda morava em Köln. A história é longa, entao vou te poupar dos detalhes, mas a consequência direta disto é que fiquei mais esperta.
    Afinal no Brasil a gente também nao faz amizade com alguém só por que vem do bairro “X”, entao porque haveria de ser diferente aqui na Alemanha? Nao espero mais que alguém seja bacana só por vir do Brasil. Claro que quando encontro alguém legal, ainda mais do nosso país, umso besser :-) Mas agora fico mais de olho nas afinidades e coisas em comum, que formam a base de amizades mais duradouras. E se noto que a pessoa pisa na bola faco como você: saio de cena pensando que a pessoa perdeu uma amiga :-)

    Beijo!
    Karen

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:52 pm

      Pois é Karen, as afinidades é que fazem as amizades acontecerem.
      Vejo que todo mundo já passou por isso, algumas pessoas em situacoes bem piores
      assuntos que envolvem outras pessoas, trabalho, etc. É fogo mesmo né, sempre temos
      que ter cuidado.
      bjos

       
  7. Clarice

    novembro 23, 2011 at 11:18 am

    Sei muito bem como se sente….logo que cheguei em Berlin, tive essa mesa sensação, Conheci uma pessoa na internet, pelo Facebook, que mal cheguei já foi a minha casa, conviveu com minha família, comeu na minha mesa, com o único intuito de se aproveitar do meu trabalho. Como não tem emprego fixo em Berlin e precisava desesperadamente de uma fonte de renda, se uniu a mim, se mostrou pronta a tudo e assim que julgou q já tinha conhecimentos suficiente pra seguir sozinha, me deu um chute na bunda, se apropriou das minhas ideias e ainda cobrou pela ajuda q me deu. Fiquei muito decepcionada e triste. Hoje prefiro seguir meu caminho sozinha…. e desconfio da boa vontade de todos, principalmente de brasileiros. Bjos pra vc!!

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:51 pm

      Poxa que sacanagem… Como repondi num dos comentários acima, aconteceu algo assim bem grave comigo ainda no Brasil.
      Mas bola pra frente né, a gente aprender da pior maneira mas ganhamos experiencia com isso e um pezinho atras.
      bjos

       
  8. Line

    novembro 23, 2011 at 11:30 am

    Você me inspirou a publicar um post que estava nos meus rascunhos já há algum tempo!
    Essa história de fazer amizade por aqui é muito complicada, ainda mais quando a gente procura nossas amizades por carência e não por afinidade. Acho que é aí que a gente acaba errando, sabia? Mas também sei que não se vive sozinha, apesar do ditado dizer “antes só do que mal acompanhada”.
    Eu já me dei mal algumas vezes, mas também conheci pessoas que valeram a pena! Acho que a gente tem que seguir tentando, porque se não tentar a gente nunca vai saber. Mas todo cuidado é pouco, cautela sempre!

    Beijos!

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:49 pm

      Já conferi o teu post! muito bem escrito.
      Nao estamos livre dessad decepcoes, tanto com brazucas como com pessoas de outras nacionalidade
      gente é gente em qualquer lugar do mundo né, sempre vao ter as legais e as oncinhas prontas pra dar o bote.
      bjs

       
  9. Angie

    novembro 23, 2011 at 2:46 pm

    Acho que decepcoes com amizades acontecem independentemente da nacionalidade :-( Mas nao desiste nao! Eu gostei do comentário da Line: continua tentando (mas sempre com cautela!), tem gente que vale a pena :-D
    Beijocas, Angie

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:47 pm

      Com certeza! um dia acontece :)

       
  10. dorinnha

    novembro 23, 2011 at 4:02 pm

    oi ingrid.

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:47 pm

      oie! te mandei um recado viu bjos

       
  11. brunahagemann

    novembro 23, 2011 at 9:28 pm

    ÊÊÊ :-)))

    Mesmo que a gente tenha se visto muito mega raramente, sentimos um lance (que romantico). Isso que eu gosto, não precisa ser best friends forever, chega uma hora da vida que a gente precisa é alguém que podemos contar de-vez-em-quando né? Um bom papo, boa companhia.

    Mas olha, casos como você comentou, eu tenho que dá pra contar em uma mão. Mas eu nunca desisto. E tô levando tapa na cara…

    Aliás, esse mesmo caso aí que você descreveu me é MUITO familiar.
    Tá na hora da gente se encontrar de novo pra trocar figurinhas………. rs

     
  12. Nat

    novembro 25, 2011 at 4:42 am

    Por isso eu presto MUITA atenção nas atitudes (antes mesmo dos sorrisos e das palavras legais)! Isso já aconteceu comigo aqui mesmo, no Brasil, e dando uma zapeada nos blogs vi que muitos brasileiros reclamam que brasileiros são meio fechados e frios na Alemanha ! Me animei… Por que ? Porque às vezes pessoas assim, que não se abrem logo de cara e tem um pé atrás dão os melhores e mais leais amigos quando sentem que você é de confiança. Via isso acontecer o tempo todo quando me mudei para o Rio e prestava a atenção nas amizades de lá. Todo mundo vira seu melhor amigo de cara, mas pq é CONVENIENTE! Tudo tão superficial…Mas tudo é experiência, e não é fácil decifrar caráter logo de cara. E eu tenho fé que existem pessoas especias no mundo todo. ;*

     
    • Ingrid

      novembro 25, 2011 at 12:47 pm

      O segredo é nao esquentar com essas coisas, continuar levando a vida e de repente a amizade acontece, sem forcar a barra. É assim que to fazendo. Também já tive uma amiga espontânea e imediata no Brasil e foi minha maior decepcao. Ela me sacaneou legal… Fazer o que né, me afastei e nunca mais tive contato.

       
  13. aimée

    novembro 27, 2011 at 2:45 pm

    oiii
    meu nome é Aimée
    acabei de mudar pra hamburg…
    vc é daki?
    ainda nao sei falar alemao… vou começar so no ano que vem…
    vc tem facebook?
    ha e eu queria perguntar uma coisa….
    to morrendoooo de vontade de tudo que é doce que vai creme de leite… hunfff
    vc sabe onde vende?
    hehehe

    tksss!!!

     
    • Ingrid

      novembro 29, 2011 at 1:19 pm

      Oi Aimée
      Bem-vinda duas vezes :)
      aqui no blog e em Hamburg
      Te escrevi um email ta! dá uma olhadinha

      bjos

       
  14. Thais

    novembro 27, 2011 at 4:24 pm

    Eu também tenho a mesma experiencia com brasileiros no Exterior, sao poucos que nao estao atrás de mordomia e abusar da boa vontade alheia… Acham que porque temos a mesma nacionalidade, temos que fazer tudo por eles, inclusive dar dinheiro (!!! Situacao já vivida, me pediu dinheiro, eu nao tinha e tambem nao ia dar porque eu achei o motivo meio sem nocao e a pessoa falou que eu nao era amiga, me deletou das redes e etc.. melhor assim! cruz credo!) Eu tenho muito pé atrás com brasileiros INFELIZMENTE. E quando eu encontro alguém normal, geralmente é difícil de o santo bater, ou encontrar algo em comum (além das peripécias de viagem pelo mundo afora…) mas estou sempre aberta a amizades! caso voce queira um bate papo com a maluquinha aqui, é só dar uma passada no meu blog! bjsss e boa sorte nas amizades!! hehehe adorei o blog.

     
    • Ingrid

      novembro 29, 2011 at 1:21 pm

      Oi Thais!

      Obrigada pela sua mensagem!
      eu já tinha visitado teu blog e deixei recado mas acho que foi pra
      tua pasta de spam, dá uma olhadinha lá ta

      bjos :)

       
  15. Lenice Santos

    dezembro 7, 2011 at 3:26 pm

    Ingrid, Tudo bem?

    Poxa, tentar fazer amigos realmente é bem difícil.

    O capitalismo, lucro, dinheiro, tomam conta do mundo de forma brusca… É de tal maneira em que as pessoas estão deixando de lado a amizade, seu significado e as coisas boas que ela oferece, pelo trabalho louco, pelo o que ele nos trás o dinheiro. Maldição isso não é?

    Esse “lema” da sociedade de estudar/faculdade/trabalhar/família/filhos/e relento da vida acabam com minhas perspectivas boas que tenho. É muito triste saber que eu não poderei fazer muitas coisas além desses lemas que citei.

    Sou totalmente a favor da amizade!!! Amo de mais as amizades que faço, amo falar mas também gosto de ouvir e poder ajudar… Creio que você tem que parar e observar quem são as pessoas dai da Alemanha que você quer que se torne realmente suas A-M-I-G-A-S (aquela verdadeira pessoa que vc poderá contar, conversar, ouvir, falar dos problemas) você tem que tomar cuidado, pois hoje em dia o interesse vem sendo muito forte. E as C-O-L-E-G-A-S uma olá, como vc está? já ta ótimo!!

    Fica a dica….

    Beijos imensos,
    Lenice Santos :D

    PS: Comoo é lindo teu blog *-*

     
    • Ingrid

      dezembro 7, 2011 at 6:06 pm

      Oi Lenice!

      Tudo bem :) Vc está certa. Amigo é amigo, dificil de se encontrar e nem todos podem se tornar um. Já colegas podemos ter muitos, só de oi tudo bem, sem se aprofundar muito.
      Que legal que vc gostou do blog, volte sempre :)

       
  16. Lenice Santos

    dezembro 7, 2011 at 7:12 pm

    Rs, com certeza voltarei sempre que puder aqui :)

    Gosto muito do simbolo das bandeiras do brasil e alemanha e a baixo escrito: Brazucas na alemanhaã… rs acho encantador :) aliás cada detalhe é um encanto!!!

    Também gosto dos fatos colocados aqui e essa proposta :)

    Beijos Omenos,
    Lenice :D

     
  17. Anna

    dezembro 9, 2011 at 9:53 pm

    Olá,
    Achei o seu blog hoje anoite. Também moro na Alemanha, já faz dois anos. Tenho algumas histórias piores que a sua de decepcao por aqui… hehe Mas é assim mesmo. Tanto aqui, como no Brasil, ou aonde for, vamos sempre achar pessoas chatas, pessoas legais, pessoas que valem a pena, e outras que valem a pena esquecer…
    O que importa é valorizar quem realmente merece!
    Tudo de bom para voce!

     
  18. janaina

    dezembro 22, 2011 at 8:03 pm

    Bom sou mais uma que faz parte do clube rsrs…
    Vim para a Alemanha faz 1 mês e pouco e já passei por isso!!!
    Meu marido veio para cá trabalhar e com ele veio outro casal junto….não preciso nem dizer né ajudei a garota mostrei alguns lugares que eu já tinha conhecido em viagens anteriores eu não falo inglês muito fluente e nem alemão estou estudando mas quando a garota viu que conseguiria se virar no inglês fez pouco caso de mim…..começou a falar mau das coisas que eu comprava etc.cortei pela raíz falei para meu marido que cortar do casal vir em casa “meu marido é amigo do marido dela”…quando nos encontramos ela finge que nem me conhece…ela comeu na minha casa,ficou aqui enquanto o marido trabalhava para ela não ficar sozinha o mínimo que ela deveria dizer seria desculpas masssssssssss nesse mundo é assim mesmo!!!
    Estou sozinha sem amigas e ficarei aqui por 2 anos!!!!
    Ou melhor sozinha não pois tenho minha filha de 4 anos que me faz muita companhia….apesar de fazer falta ter com quem conversar preciso me acostumar !!!!!

     
  19. Fatima

    setembro 8, 2013 at 9:33 pm

    Fatima
    sou Brasileira, tenho 2 filhos pequenos. gostaria de fazer mais amizades. Tem alguem ai que mora em Berlin?

     
  20. EMiILIA CONCEICAO DE MATOS

    fevereiro 18, 2014 at 4:17 am

    Gente, preciso de ajuda, ontem (16_02_2014)conheci um senhor no RIO DE JANEIRO, no trenzinho que nos leva ao CRISTO REDENTOR, diz ser alemão nome MANFRED (não sei se estar correto, ,as gostaria da ajuda de vocês para revê-lo, me envie e mail para: Emília.matos@hotmail.com, pois tenho fotos dele, e ele minha

     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 80 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: